Marca Maxmeio

Notícias

Home · Notícias
22 de novembro de 2018

Representantes da AMATRA21 participam do XIII Encontro Nacional do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC)

O objetivo do evento é o compartilhamento de experiências e a discussão das próximas ações.

Está acontecendo em Recife, desde a quinta-feira (22), se estendendo até esta sexta-feira (23), o XIII Encontro Nacional do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC).

Na ocasião, diversas Amatras estão reunidas para avaliar e debater as ações futuras e compartilhar relatos e experiências em cada Estado. O Encontro é promovido pela Anamatra e este ano conta com apoio da Amatra 6 (PE), sede do evento.

Representando a AMATRA21, as juízas do Trabalho e coordenadoras do TJC - RN, Marcella Alves, diretora Cultural, Social e Esportiva da associação, e Simone Jallil.

No primeiro dia foi feita apresentação do programa “Escravo, nem pensar!” da ONG Reporte Brasil e no decorrer do dia foram feitos relatos dos coordenadores do programa de todas as Amatras presentes.

“Esse momento é muito importante, uma vez que trocamos muitas experiências, de maneira a possibilitar um amplo planejamento das próximas ações, com o objetivo de dar mais voz a esse programa tão especial”, disse Marcella Alves destacando que nesta sexta, os participantes vão assistir à culminância do TJC da Amatra VI de Pernambuco, que acontecerá na FACIPE ( Faculdade Integrada de Pernambuco).

 

Sobre o TJC – O Programa Trabalho, Justiça e Cidadania foi criado em 2004 por iniciativa de cidadania da Anamatra, e é desenvolvido, regionalmente, pelas Amatras. Até o ano de 2016, o TJC beneficiou mais de 150 mil pessoas e envolveu 15 mil educadores em 22 estados e no Distrito Federal.

Por meio do Programa magistrados do Trabalho em parceria com membros do Ministério Público, advogados, professores de Direito e servidores do Judiciário, levam noções básicas de direitos fundamentais, Direito do Trabalho, Direitos da Criança e do Adolescente, Direito do Consumidor, Direito Penal, ética e cidadania nas escolas, especialmente as públicas, de diversos Estados e Municípios.

Entre as ações realizadas, o Programa possibilita a visita dos alunos ao Poder Judiciário e a realização de culminâncias com a apresentação de trabalhos realizados pelos alunos com o acompanhamento dos professores e magistrados.

A Cartilha do Trabalhador é o principal instrumento de aplicação do TJC. Elaborada em linguagem simples e atrativa, permite ensinar direitos e deveres do cidadão, assim como o funcionamento da Justiça do Trabalho, de forma didática